18 de ago de 2010

A gente não faz amigos, reconhece-os...


Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, pois que permite que o objeto delas se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.


Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto
minha vida depende de suas existências.

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.


Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.


Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na
sagrada relação de meus amigos.


A gente não faz amigos, reconhece-os...


Vinicius de Moraes
http://www.viniciusdemoraes.com.br/
 
 
----------------------
 
Possivelmente todos tem diversos tipos de amigos... fui marcada dia desses em um orkut de uma amiga e vejo quanta diversidade há em nosso círculo de amizade, mas que sendo amigos... essa diversidade em nada interfere. Vc sabe em qual dessas boneca será classificada? Bom eu sou a... ihhhh me identifiquei em várias...

 
Ótima quarta-feira ensolarada.
 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário