15 de set de 2011

Apaixone-se!


Apaixone-se definitivamente pelo SEU sonho
(o sonho de ninguém deve ser mais apaixonante que o seu).


Apaixone-se por sua família
(mesmo que ela não seja do jeito que você planejou, ainda assim, ela é a sua família).


Apaixone-se pelo SEU talento
(mesmo que seu lado crítico insista para você escolher realizar outras coisas, mais "convenientes").


Apaixone-se mais pela viagem do que pela chegada a seu destino
(a primeira é garantida.).


Apaixone-se pelo SEU corpo
(mesmo que ele esteja fora de forma, pois de "qualquer forma" ele é a única casa que você realmente possui).

Apaixone-se pelas suas memórias mais deliciosas
(ninguém pode tirá-las de dentro de você e elas são excelentes fontes de inspiração em momentos de dor).


Apaixone-se por aquelas besteiras saudáveis que passam por sua mente entre um e outro momento de estresse (elas ajudam a sobreviver!).



Apaixone-se pelas pessoas que estão ao seu lado na caminhada do dia-a-dia (a pessoa certa é aquela que está definitivamente do seu lado).

 
Apaixone-se pelo sol
(ele é fiel, gratuito, absolutamente disponível e dá prazer).

Apaixone-se por alguém
(não espere alguém se apaixonar antes por você, só por garantia e segurança).


Apaixone-se pelo SEU projeto de vida
(acredite, a vida é só sua!).


Apaixone-se pela dança da vida, que está sempre em movimento dentro da gente, mas que, por defesas nós teimamos em aprisionar.

Apaixone-se mais pelo significado das coisas que você conquistar do que pelo seu valor material.

Apaixone-se por SUAS idéias
(mesmo que tenham dito que elas não serviam pra nada).

Apaixone-se por SEUS pontos fortes
(mesmo que os pontos fracos insistam em ficar em alto relevo no seu cérebro).

 
Apaixone-se pela idéia de ser verdadeiramente feliz
(felicidade encontra-se de sobra nas prateleiras de seus recursos interiores).


Apaixone-se pela música que você pode ser para alguém...
Apaixone-se por SER HUMANO!

Apaixone-se definitivamente por VOCÊ!


APAIXONE-SE RÁPIDO! O PODER DE DECISÃO SÓ PERTENCE A VOCÊ!







(Autor desconhecido)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário